#Precisamos Falar Sobre Aborto

A Santa Casa de Novo Horizonte registra regularmente atendimentos emergenciais à mulheres que tentaram abortar. Uma cidade conservadora como a nossa, teria capacidade de discutir um assunto polêmico como esse? Infelizmente sempre terá um fanático religioso para atrasar o lado, mas independente disso, vou fazer a minha parte, porque nós precisamos falar sobre aborto.

descriminalização


Nas últimas semanas a notícia da “liberação” do aborto na Irlanda e na Argentina, reacendeu a discussão: Seria justo o Brasil descriminalizar o aborto?

Alguns chegam a ter calafrios ao ouvir essa palavra, pois aprenderam que mulheres que abortam, cometem crime. Para esses, não existe diferença entre atirar na cabeça de alguém ou fazer um aborto no início da gestação.

Mulheres ricas abortam o tempo todo, a diferença, é que elas fazem isso em clinicas particulares, seguras e praticamente sem riscos de vida. A Santa Casa só atende mulheres pobres que desesperadas e mau aconselhadas, tentaram o aborto através de métodos não apropriados.

O primeiro ponto a ser discutido e aceito por ambos os lados nesse debate é o fato de que o aborto existe! Todos os dias milhares de abortos ilegais ocorrem, e pior, existe um sub mundo de clínicas abortivas ilegais lucrando milhões com essa pratica.

O único risco, é o da mulher “pobre”, pois se ela não morrer durante o aborto, e precisar ir ao hospital, ela provavelmente será denunciada por um crime.

Na Irlanda o que foi aprovado não é a matança de fetos, e sim, a descriminalização do aborto. Você sabia que nos países onde o aborto deixou de ser crime, a pratica caiu pela metade? Pois, é.

Você sabia que só em 2014, 20 mil mulheres morreram durante o aborto? Você sabia que as clínicas abortivas apoiam as campanhas de políticos da bancada religiosa?

Eu acho que na cabeça de alguns fanáticos religiosos, a descriminalização do aborto vai por em risco a existência da raça humana, pois nada justifica o tabu do qual tratam esse assunto.

Com a descriminalização, o aborto deixará de ser um caso de polícia e passará a ser um caso de saúde pública.

Hoje, se uma mulher pobre procurar um centro de saúde e confessa que esta pensando em abortar, ela corre o risco de ser denunciada. E isso é ridículo. Uma gravidez indesejada é talvez, a pior coisa que pode acontecer com uma mulher. Só ela sabe o peso e a responsabilidade que é gerar uma vida. E só elas, as mulheres, é que tem direito de decidir se terão aquele filho ou não.

Como podemos debater e decidir no congresso, um assunto tão complexo e exclusivo do universo feminino, sendo 90% desses senadores e deputados homens? Ou melhor, sem útero!

“Ah… mas nas famílias tradicionais quem decide o que é melhor para as mulheres são os homens. Quem mandou ela abrir as pernas?”

Qual família tradicional cara-pálida? Aquela, que o marido tem uma amante e paga uma fortuna para ela abortar? Aquela que o marido bate na esposa, ou aquela que o marido sai da igreja e vai passear no rodoanel?

A hipocrisia, cara, ela entope a circulação do sangue em nosso cérebro. Eu chego a apelar por uma intervenção divina:

Ó DEUS – explique para as pessoas que o nosso estado é laico.

Você sabe o que isso significa?

Estado laico é um país, ou nação, que tem posição neutra no campo religioso. Ou seja, as leis que são aplicadas e defendidas na igreja não são as mesmas leis do Estado, e nenhuma religião pode influenciar nos assuntos do Estado.

Nosso estado é laico, você queira ou não. E o aborto será discutido sim, você queira… ou não!

Essa matéria foi publicada no Jornal A Tribuna NH e no Facebook NH News.

Assine o NH News Podcast

iOS
Android

Se preferir assinar manualmente, o endereço do feed é:

https://feeds.feedburner.com/nhnewspodcast

Quer receber as novas matérias faladas pelo whatsapp? Click aqui e confirme a mensagem.

Essa matéria teve o apoio da Loja Seu Estilo, roupas masculinas e femininas. A loja Seu Estilo fica localizada no Jardim São Benedito, logo acima do cemitério municipal, na rua Anthonio Pedro Thomitão, 473. Curta a página da loja Seu Estilo no facebook e fique por dentro das novidades.

A produção do Nh news é minha, Gilson de Lazari, e a edição é do Rogério Silva.

Até a próxima!

Anúncios

Um comentário em “#Precisamos Falar Sobre Aborto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s