Conheça o Rapper Novorizontino Michael Gomes e seu projeto TDR

Ao lado da cantora Vitória Araújo, Michael Gomes lançou a primeira de 8 musicas que estarão no seu primeiro projeto autoral “TDR – Traficantes de Rimas” que será lançado até o fim de junho em parceria com o Estúdio 100 e o Clube da Musica Autoral.tdr

Michael tem 17 anos, também é conhecido como “maiquinho”, morou por um tempo na baixada santista, mas desenvolveu sua incrível capacidade de rimar e contar histórias cativantes em 2011 quando participou do projeto social “Do Lado de Lá” e foi integrante do grupo de Rap SPF.

O Rap chegou ao Brasil no final dos anos 80, com grupos de periferia que se reuniam na Galeria 24 de maio e na estação São Bento do metrô de São Paulo, lugar onde o movimento punk começava a surgir. Nesta época, as pessoas não aceitavam o rap, pois consideravam este estilo musical como sendo algo violento e tipicamente de periferia. Os primeiros a frequentarem o local e divulgar o estilo foram os dançarinos do breakdance. Vale lembrar, que aqui em NH o nosso artista preferido, o Breik (legal) dos Santos, além de dançarino de breakdance, também esta gravando sua primeira musica que será lançada em breve pelo Clube da Musica Autoral.24993476_890847004411163_3039061973663986315_n

Para diferenciar o seu projeto, Michael convidou a cantora Vitória, que por sua vez, começou cantando na igreja e hoje é parceira nas composições do TDR. Ela é responsável por criar as excelentes melodias e refrões, como a que você ouve em “Ela Tá Bem”, primeira música do projeto TDR que foi divulgada essa semana.

O álbum esta sendo gravado no Estúdio 100 em Novo Horizonte e produzido pelo colunista que aqui vos escreve. Serão 8 faixas e todas no estilo “Rap Acústico”, onde ao invés de “beats” (batidas) eletrônicas tradicionais que consagraram o Rap, os arranjos são gravados exclusivamente com instrumentos acústicos, como violão, cajon, violinos, pianos, etc.

O projeto Do Lado de Lá fica no bairro São José/Esplanada onde também nasceram e vivem, além do  Michael, muitos outros jovens talentos. O bairro infelizmente só é lembrado pelos administradores da cidade no mês de outubro quando acontece a tradicional festa do peão, pois o recinto também fica “do lado de lá.”

Dentre vários projetos sociais existentes em Novo Horizonte, o Do Lado De Lá, talvez seja o mais inclusivo e necessário para a cidade, pois encaminha centenas de crianças para uma ressocialização justa e saudável, evitando que muitos caiam na armadilha das drogas. Tudo isso só é possível, pois o projeto consegue falar a mesma língua dos jovens, que por sua parte, tornam-se adolescentes éticos, sem abandonar suas origens, suas influencias. O Lado de Lá respeita e impulsionando as várias formas de expressões artísticas, como o grafite e o Rap, estilo musical peculiar que está em alta, não apenas nas comunidades, hoje o Rap é popular em todo Brasil.

Parabéns aos guerreiros do projeto Do Lado de Lá.

Assista abaixo o clipe da canção “TDR – Ela Tá Bem”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s