Numa cidade sem Cultura vive um povo sem memória

Por mais maltratada e desprezada pelo poder publico, a Cultura artística de Novo Horizonte dá sinais de vida e mostra que não é em qualquer cova rasa que enterrarão tanta tradição e talento. Aos poucos ela ressurge, do pó, mas assim que estiver totalmente revigorada, ainda correrá o risco de ser usada como bem feito de quem tenta enterra-la.12047191_838991919532345_4104662139565264165_n

Aqui na nossa centenária e mau cuidada cidade já tivemos inúmeras atrações turísticas e culturais. Eu não tenho uma memória tão afiada assim para lembrar de tudo, mas nunca esqueci da Fanfarra que estava presente em todas as comemorações publicas. Eu mesmo aprendi tocar caixa na fanfarra da escola FAF. Veja bem, ensinavam musica nas escolas. Imagina se nessa época já existissem os prêmios maquiados multi coloridos?

O Cinema… que saudades! Infelizmente, hoje, só nas lembranças de quem pode frequenta-lo. Eu assisti belos clássicos quando era criança, um inesquecível pra mim foi: Os Trapalhões Na Serra Pelada. Logo, mais velho, assisti peças de teatro e apresentações musicais no palco multi uso do Cinema que mudou de nome tantas vezes que não me recordo mais. Isso tudo antes de virar igreja evangélica e atualmente uma galeria de lojas.

18620136_660148604177183_7758099431773885906_n.jpg

Recordo das gincanas escolares, equipe Oingo Boingo, Miss estudantil, caça ao tesouro, prova de conhecimento. Arquibancadas lotadas, torcida organizada, que evento maneiro, que revanchismo saudável.

Menino ainda, ia ao desfile dominical do Rodeio. Começava cedo, tinha algodão doce, animais e carros alegóricos. O orgulho do campo aflorava na alma dos novo-horizontinos através de um singelo desfile de Rodeio. Logo, um pouco mais velho, tentava dar um jeitinho de penetrar no desfile carnavalesco do Timão da Brahma. Quem não se lembra da garrafa gigante? Só saudades que sinto. Pode ser excesso da minha parte, mas é vivida a memória cultural do que perdemos. E o que as próximas gerações se lembrarão? Nada!

Apesar de ser “jovem” para alguns, sou “velho” para outros e desde que voltei para Novo Horizonte em 2014 venho acompanhando esse período culturalmente penoso, onde os poucos grupos da cidade já haviam se separado. Nada do que citei acima existe, e um grande e organizado silencio em volta do assunto me ensurdece até hoje.

Dizem que as vezes é preciso perder para dar valor, não é? Pode ser, mas e quando não se tem mais o que perder, como fica? – Ok, ganhamos um Centro Cultural novinho. Porém, elitizado, controlado por pessoas que rejeitavam a cultura popular. Hoje, NH cultural é uma floresta queimada que vem renascendo aos poucos.

Image-1O garoto Hugo só precisou da tela em branco para mostrar sua arte. Carlos Campos, Roni Garcia, Banda TRES, e tantos outros compositores que despontarão em breve, investem na sua musica autoral que para serem criadas, foi preciso apenas uma boa melodia e uma ideia no papel. Ana Paula Marques, a empregada domestica que emocionou, usou somente sua voz para conquistar os jurados e nos orgulhar em rede nacional. O Centro Cultural vem se afastando dos padrões elitista e hoje abre suas portas para novos artistas populares. Existe a esperança do resgate do nosso Cinema e a nova união já ensaia a volta do Clube de Rodeio. Assim, pouco a pouco vamos expelindo as pragas que adoecem nossa cultura e turismo.

Somos a nova safra que surge forte, logo após “quase” extintas por essa mesma administração, das mesmas pessoas que estão a quase 20 anos nos mesmos cabides, com os mesmos gordos salários reajustados, oriundos dos nossos esforços. E pior,  bradam aos quatros cantos que são os responsáveis pelo ressurgimento eminente da cultura. Essa mesma que eles tentam enterrar dia a dia. Alguns desavisados e oportunistas cairão nessa, mas aqui não! Aqui não vai ter maquiagem.

Anúncios

2 comentários em “Numa cidade sem Cultura vive um povo sem memória

  1. Novo Horizonte precisa sim dar uma repaginada.
    Cultura faz parte da educação, da história de um povo e sei que nossa cidade tem tudo para dar certo.
    Vamos em frente. Podemos chegar lá

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s