E as baladas em NH, “tá tendo”?

Segundo o IBGE, o maior contingente de pessoas que vivem em Novo Horizonte está na faixa etária de 20 a 29 anos. Ao contrário do que dizem, é uma cidade de jovens. E sendo eles a maioria podem fazer a diferença caso descubram isso a tempo.

14639644_979124098883601_1382701884784753342_n
Foto: Fininho HD Festa do Hallowen

Esse papo que Novo Horizonte é uma cidade sem opção não cola mais. Ao contrário, quando se trata de investimentos privados na área de lazer e vida noturna até consegue atrair jovens de cidades vizinhas. Os pais ao verem seus filhos saindo de casa para curtir a noite noutras cidades ficam assombrados, afinal, estrada e álcool pode ser uma mistura mortal.
Felizmente isso vem mudando e os jovens tem encontrado opções de diversão sem precisar se aventurar pelas rodovias. E isso não é bom só para os pais que podem dormir mais tranquilos, mas também para a economia da cidade, pois eventos geram empregos e ajudam a aquecer o comercio em tempos nebulosos.

Novo Horizonte acaba de receber o selo MIT (município de interesse turístico) sem ter nenhum atrativo turístico implantado e pode perde-lo em pouco tempo caso não desenvolva um plano de turismo eficiente. O que importa para alguns é apenas a grana que vamos receber, cerca de 600 mil reais por ano, mas vale lembrar que essa não é uma tarefa fácil para o poder público que vem rastejando até com suas obrigações básicas. O mais óbvio é que foquem no turismo náutico, atividade que já esta saturada na região. Porém o ramo de eventos poderia ser uma opção à ser apreciada com bons olhos. Alias, olhos bem abertos é o que nós devemos ter com esse dinheiro extra em caixa.

Você é velho? Mas já foi jovem! Na sua época só tinha o Meriks, as boates da SOREPRIMA, do RTC e mais recente o Experience (Tirso) que mudou a forma de se pensar em eventos nos fornecendo anos incríveis de grandes shows, mas hoje funciona apenas como espaço de locação para eventos.
23561288_293609851149239_4499452511281166006_nEntão, quais as opções que os jovens tem hoje(?) – A Casa de shows que realmente promove eventos semanais e está bombando é o NH Irish Pub. Inclusive em dois ambientes muitas vezes simultâneos.

Na frente tem o “Bar” do Pub que investe no estilo rock e MPB com atrações que variam entre bandas ao vivo e apresentações acústicas. As bebidas e porções são servidas na mesa, o ambiente é amistoso e costuma lotar.

No fundo tem o salão de shows e para entrar você precisa do convite ou do ingresso que custa entre 15 e 20 reais. Com uma incrível estrutura de som e luz e um grande palco que comporta atrações variadas desde sertanejo, pagode, rock e até musica eletrônica; o esquema de consumo por lá é o pague e pegue, sem mesas e garçons, apenas bistrôs para aparar as bebidas. A proposta é ser uma casa de show dinâmica onde os jovens possam interagir, curtir e dançar.

13707607_889530011176344_8425654506606846702_n
Bruno Brito Rockz e banda

Apesar de ambos os ambientes serem no mesmo imóvel, os administradores não são os mesmos, e essa união vem dando certo, pois as noites no Pub tem atraído a atenção dos baladeiros e baladeiras da região. A semana no bar começa na quinta-feira a partir das 22 horas com o “Palco Livre” noite animada onde os aspirantes à músicos podem subir no palco, tocar, cantar e encantar. Na sexta-feira sempre tem atração ao vivo, dia 01/12 terá Sobrinhos do Tio Cosme e dia 08/12 Banda Radiola. Quem passa por lá de carro a noite nota o grande fluxo de jovens logo no começo da rua Trajano Machado oriundo das festas do PUB.

No salão do fundo todo sábado tem atrações variadas. A casa abre as 23 horas e a festa vai até as 4 da manhã. Dia 02/12 tem Pub County Fest com Léo Augusto & Eduardo e dia 09/12 a dupla Marco Túlio & Adriano. Uma vez por mês rola a domingueira do pagode das 17 até as 22 horas e o próximo será dia 26/09 com Maycon Santos e banda.

Além do Pub, outras casas comportam eventos esporádicos – o Experience e os tradicionais salões do RTC e SOREPRIMA estão entre os mais locados para esse fim. Os eventos são organizados por grupos independentes, entre eles: Dom Corleone, NH Eventos e REVARI que costumam investir em festas temáticas como, “Noite do Corote”, “Festa do Farol”, “Vidinha de Balada”, entre outros nomes para dar a alusão que será uma festa recheada de muitas garotas, diversão, bebidas e azaração. Nestas festas esporádicas o som que embala a pista é o sertanejo universitário e o funk carioca, estilos que estão em alta entre a maioria dos jovens.

20375853_646620585535782_5939525370234665440_n
Promoters Revari

Mas se você não se identificou com essas festas, (dont’ worry) temos em NH muitos eventos religiosos para jovens, e estão “bombando”. Praticamente todas as igrejas promovem esses encontros e as musicas que noutros tempos eram hinos chatos de louvor, hoje deram espaço para versões de rock, sertanejo, samba, até funk carioca com letras “abençoadas” que abordam mandamentos bíblicos.

Dessa forma ninguém fica de fora das festa que deve sempre ter o apoio e a fiscalização do poder publico para que as casas estejam com os alvarás em dia e possam dar a segurança necessária para que nossos jovens se divirtam com responsabilidade e sem excessos.
Essa é uma época saudável da vida que não volta mais e eu acredito que se organizar certinho todo mundo se diverte, mas lembre-se… se for dirigir não beba!

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s